RESENHA FEUILLES DE ROSE MOLINARD EAU DE TOILETTE

Pouco falo das rosas. Por razões que o coração sente, seus aromas rescendem nostálgicos, para mim. Pergunto a Cartola o por quê de tamborilar, quando outro ritmo parecia melhor entoar

"(...) Volto ao jardim com a certeza que devo chorar, pois bem sei que não queres voltar para mim. Queixo-me às rosas, mas que bobagem.. as rosas não falam, simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti. Ai! Devias vir para ver os meus olhos tristonhos e, quem sabe, sonhavas meus sonhos por fim..."

MOLINARD FEUILLES DE ROSE MOLINARD
Frasco clássico e imponente de Feuilles de Rose Eau de Toilette

Molinard afirma que Feuilles de Rose, lançado em 2003, tem como notas:

Notas: damasco, folhas verdes, pêssego, rosa búlgara, jasmim, pimenta preta, ylang-ylang, musk e baunilha. 

Mas o que sinto...


Folhas de rosas esmagadas soltas pelo chão. Junto à terra tomam emprestado, por poucos minutos, seu cheiro verde. Saída triste tem Feuilles de Rose. Logo o bouquet se põe de pé, e passa a rescender docemente. Cheiro de rosas cor de rosa, delicadas, embebidas em baunilha melíflua polvilhada com levíssima canela. Sutil especiaria. Sutil. Em seu cálido, doce coração, Feuilles de Rose me faz lembrar vivamente de Rose Nuit de Mai, da L`occitane. A semelhança, no entanto, é breve. Enquanto a noite de maio é linear, as folhas de rosa de Molinard evoluem e mostram suas fases. O início mais estridente e verde ergue-se para os céus e vislumbra os cheiros doces, melífluos e sutilmente temperados. Mantém-se cheiro de rosas com suas folhas esmagadas e aquele suco levemente ardido que choram de suas pétalas. Num ato inesperado, as rosas se desconfiguram... e na pele passam a cheirar mais notavelmente frutas secas. 


Secando sobre o corpo, Feuilles de Rose termina rosas rasgadas com sumo verde de suas folhas transfigurando-se em damascos secos. 



* Projeção: intensa na primeira meia hora, depois ele rescende mais timidamente
* Evolução: em três fases bem distintas. Rosas como base, com início verde, coração melífluo e fim frutado
* Composição: não inovadora, faz o estilo de pelo menos 2 perfumes que a L`occitane descontinuou há alguns anos. Aproxima-se (no coração) do Rose Nuit de Mai.
* Fixação: 6 horas, boa para um Eau de Toilette
* Sugestão de uso: perfume versátil, pode ser usado nas quatro estações, mas no verão talvez fique melhor à noite, por conta do seu coração mais doce.
* Preço: R$49,00 frasco de 100 ml.
* Esta fragrância foi descontinuada.


Em Feuilles de rose, as rosas aparecem embebidas em mel, e nestes perfumes? Como são?
Veja:

* Allure Sensuelle, Chanel


Rosas... quais perfumes falam delas a ti?



Abraços perfumados

16 comentários :

  1. Parece belíssimo! Se eu já não tivesse tantas rosas aqui, pensaria fortemente em me jogar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem identidade bem própria, Vanessíssima! Obrigada! bj

      Excluir
  2. Nossa Dam, resenha P-E-R-F-E-I-T-A, vc explicou exatamente o cheiro desse perfume. Comprei o Feuilles de Rose, mas já me desapeguei. O tom de rosa secas, esmagadas me deixou deprimida ;-( , não sei porque, mas esse perfume não me trouxe boas recordações....estou acostumada com a rosa do Especially da Escada e com o Roses de Chloé. Apesar de tudo, confesso que ele é ótimo perfume, de qualidade inquestionável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Daiana! Verdade... Especially e Roses de Chloé são outro estilo de bouquet. Todos cheiram a rosas, mas rosas trabalhadas de maneiras opostas, não é?
      Obrigada... bjs

      Excluir
  3. Ai, que lindeza deve ser! Esperando ansiosa o meu!

    ResponderExcluir
  4. E depois tu me dizes que eu poderia resenhar.....como??? Longe....muito longe estou de descrever poeticamente assim.

    Eu tenho um receio muito grande de me lançar aos perfumes que levam o nome de Rosas....tenho um momento triste de minha vida que me repulsa o lembrar do cheiro de rosas (nada de romance, mas de despedida de uma pessoa querida), então tomo muito cuidado antes de me lançar nessas fragâncias....

    Este realmente na hora que coloquei me lembrou o Rose Nuit de Mai, que por sinal foi o que desejei comprar....e acabei não comprando, rsrs. Mas por pouco tempo, muito pouco mesmo ficou a lembrança desse perfume......logo em seguida adociçou e ficou o que tu descreves....frutas secas (damasco). Exatamente isso! E amo damasco secos.....se deixar como o pote todo em uma tacada só, rsrs. Amo o cheiro dele e o sabor, então realmente fiquei bem feliz com minha compra.

    Tu tens o Ambre??? Vais resenhar???? Se sim vou aguardar tuas impressões para que novamente possa eu testar.....estou meia ressabiada com ele, rsrs.

    E o Molinard de Molinard.....marido ficou fascinado, disse que é como extrato. Pena a fixação não ser lá aquelas coisas.

    Beijo querida que Deus conserve esse dom precioso da escrita e do olfato, que nos levam a passear por lugares deliciosos e cheirosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda quero ler uma resenha feita por ti, Malú!! Tens habilidade com as palavras e as emoções, certamente sairá uma bela descrição. Tenho certeza disto.

      Ah, sentiste a semelhança (em parte) com o Rose Nuit de mai? Que bom...

      Menina, comprei o Ambre tbém rsrs... sapeca ao máximo. Farei resenha dele, assim como do Molinard de Molinard.

      Obrigada, querida pelo carinho sempre presente.
      bjs

      Excluir
  5. Resenha poética, Dâmaris...linda. Sabe o que me remeteu ao ler? Uma tela de "Natureza morta" com o desenho de um bouquet de rosas envelhecidas ao lado de frutas secas....
    Percebi entretanto que prefere outras rosas noutras fragrâncias, sim? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estas rosas com o cheiro sofrido de seu sumo verde põem-me reflexiva, Ubiratan.... admiro a habilidade do Perfumista em construir um cheiro assim; mas como você bem percebeu, não conseguiria usar todos os dias e noites o ano inteiro.

      Vez por outra sim, afinal uma tonalidade tênue é natural à vida...

      abraços perfumados

      Excluir
  6. Faço-me solidária às associações do cheiro de rosas e melancolia. Sabe o que me fez lembrar? As rosas depositadas em frente ao Palácio de Kensington por ocasião da morte da Princesa de Gales... sem mais palavras.

    Um abraço bem apertado!

    Thais

    ResponderExcluir
  7. O Ambre tem a 'pinta' do Jicky da Guerlain!

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Oi Fernanda
      me fez lembrar do Rose Jardin Délices :)

      Excluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover