segunda-feira, 28 de julho de 2014

BRIGHT CRYSTAL ABSOLU VERSACE - RESENHA

2 comentários:
Sabemos que a vida é mais do que as estatísticas e representações do marketing, por certo. Muitos de nós gostamos de perfumes que são produzidos a um certo público e "na real" não chegamos perto do dito "perfil". Mas olhando para o frasco e para as notas do Perfume Bright Crystal Absolu conseguimos antever a quem ele foi destinado, concordam?

Além de mulheres jovens e meninas românticas, acrescentaria que ele foi feito para quem mora no Norte e no Nordeste brasileiro. Por qual motivo? Espia só a resenha: 
BRIGHT CRYSTAL ABSOLU VERSACE
Exuberante frasco do Bright Crystal Absolu - Eau de Parfum.

A linha Crystal da Versace é dona de frascos lindíssimos, daqueles que provocam a minha vontade de compra só para ver brilhando todos os diamantinhos lapidados na prateleira. Todos - Crystal Noir, Yellow Diamond, Bright Crystal Edt e Bright Crystal Absolu - são agradáveis, mas apenas 1 foi mais forte que meu controle $. A gardênia exuberante do Crystal Noir faz companhia, aqui em casa.

Bright Crystal Absolu, segundo Donatella Versace, foi lançado em 2013 para ser uma homenagem a todas as pessoas que amam o outro perfume de cor rosa mais diluído. Diz que é um dos campeões de venda da marca italiana, e que esta versão Absolu é mais intensa e tem maior longevidade.

E na minha pele?

O Perfume Bright Crystal Absolu já na saída se revela irmão gêmeo do B.C. Eau de Toilette. A mesma proposta frutal efervescente, mas por minutos extremamente rápidos (menos de 5) ele solta no ar um algodão doce de morango, não citado oficialmente. Depois dessa experiência gourmand tão etérea, o flanker Absolu revela sua identidade e confirma o que Donatella Versace prometeu.

Tudo nele é mais intenso. Há maior concentração de essências. Aquela goiabinha que nós brasileiros juramos de pé junto, mas que Alberto Morillas talvez sequer saiba qual é seu sabor - cá aparece mais madura, mais doce e cremosa. O acorde de gelo derrete tão rápido que se você passa e não cafunga a pele sequer percebe que ele um dia passou por sua pele. A compota de goiaba doce e cremosa fica ao longo de toda evolução, e à sua frente bailam ao longo das horas: suco de framboesa, ramalhete de peônias. Alguém mais aí também sente o cheiro de peônia e saliva? Isso sempre ocorre comigo... deixa-me com água na boca. E sabe a magnólia? Aquela flor que tem cheirinho atalcado e vintage? Ela está no ramalhete das peônias, mas bem discretinha, não tão presente como no Gourgeous Gardenia ou naquele outro creme da Victoria`s Secret. Não espere muito por ela. Não conheço yuzu, tampouco madeira acajou, infelizmente..... mas a base do Bright Crystal Absolu em minha pele fica almiscarada, mais ainda que no Bright Crystal Eau de toilette. 


Traduzindo, este perfume traz aquela sensação fresca e limpa de banho recém tomado, bebendo suco de framboesa, mordiscando compota de goiaba e um bouquet de peônias com magnólia perfumando a sala. :)

Uma experiência olfativa que certamente agradará a quem já gosta do Bright Crystal mas reclama da fixação. Absolu projeta bem mais e fixa bastante. Superou as minhas expectativas. Nas experiências que fiz eu ainda o podia sentir na pele 10 horas após aplicado. 

Bright Crystal Absolu é a versão Eau de Parfum do Bright Crystal Eau de Toilette.


Projeção: intensa por 2 horas
Fixação: 10 horas
Composição: não inovadora, afinal pretende ser um reforço à linha já existente. A YSL tem um perfume neste estilo desde 2000.
Quem gostará? Primeiro: precisa ser adepto do estilo suco de frutas doces, efervescente na saída. Precisa ainda amar peônias e perfumes com sensação de pós banho. 
No estilo dele:
  • Baby Doll, Yves Saint Laurent
  • Addict 2, Dior
  • In love Again, Yves Saint Laurent
  • Bright Crystal Eau de Toilette, Versace

Sugestão de uso: em nossa cultura há uma forte tendência a considerá-lo feminino. Uso em dias e noites de primavera verão.

Obrigada à Vivershop pelo envio de amostra deste lançamento. Por lá já tem o frasco de 50 e de 90 ml.


BRIGHT CRYSTAL ABSOLU COFFRET
Foto publicitária do Kit Bright Crystal Absolu Versace.

E uma pergunta curiosa:

vocês conhecem Yuzu? Como cheira? Parece com cheiro de goiaba? Todos estes perfumes citados acima têm cheiro de goiaba... será o yuzu?

Abraços perfumados.

sábado, 26 de julho de 2014

AUDREY HEPBURN E SEUS PERFUMES CREED, BALMAIN E GIVENCHY - BOM SABER

7 comentários:
A mulher dos traços delicados e perfeitos ganhou um perfume exclusivo da Givenchy, em uma época em que tal estratégia não era ação intencional para fidelização de clientes. Atualmente isso é comum e possível à uma parcela mais abastada da população, mas há mais de 50 anos - era praticamente uma amorosa declaração.

OS PERFUMES DE AUDREY HEPBURN
Audrey Hepburn em fotografia de Bert Stern 1966

Por muitos anos Audrey Hepburn usou:

  •  Creed Spring Flowers 
A atual versão (frasco rosa) tem as seguintes notas:
As notas de topo são Melão, Pêssego e Maçã as notas de coração são Jasmin e Rosa as notas de fundo são Almíscar e Ambargris.
AUDREY HEPBURN FRAGRANCES
Audrey Hepburn - Creed Spring Flower

  • Ivoire de Pierre Balmain.
Notas:
Ivoire de Balmain de Pierre Balmain é um perfume Chipre Floral Feminino.Ivoire de Balmain foi lançado em 1979. O perfumista que assina esta fragrância é Pierre Balmain As notas de topo são Aldeídos, Camomila, Assa-fétida, Tangerina, Violeta, Artemísia, Cravo francês, Bergamota, Limão verdadeiro ou siciliano e Gálbano as notas de coração são Noz-moscada, Cravo, Canela, Narciso, Pimenta, Raíz de Orris ou lírio Florentino, Jasmin, Rosa turca, Néroli, Ylang Ylang, Lírio-do-vale, Íris e Framboesa as notas de fundo são Sândalo, Fava Tonka, Âmbar, Patchouli ou Oriza, Almíscar, Baunilha, Musgo de Carvalho, Vetiver, Incenso e Ládano

Campanha vintage - Ivoire de Balmain

Até que em 1957 o perfumista Francis Fabron da Givenchy a presenteia com a criação do perfume L`interdit. 
AUDREY HEPBURN L`INTERDIT
Frasco do perfume L`interdit Givenchy - criado para Audrey Hepburn

"O proibido", talvez seja assim nominado por que a eterna bonequinha de luxo quis exclusividade olfativa por muito tempo. A venda do tal perfume foi permitida apenas anos mais tarde.

Suas notas:

As notas de topo são Aldeídos, Especiarias, Tangerina, Pêssego, Bergamota e Morango silvestre as notas de coração são Íris, Violeta, Narciso, Raíz de Orris ou lírio Florentino, Jasmin, Ylang Ylang, Lírio-do-vale e Rosa as notas de fundo são Sândalo, Âmbar, Almíscar, Benjoin, Vetiver e Fava Tonka
A resenhista de perfumes Sali Oguri conheceu a versão vintage do L`interdit e afirma que este perfume faz o estilo do Chanel N.5, quando aldeídos e o aspecto powdery (atalcado) tornam-se bastante evidentes. Diz ainda que L`interdit é muito mais quente e picante que o Chanel, pela forte presença de especiarias como cravo e canela. Ele integra o time de fragrâncias que envolveram a mulher em novos cheiros (aldeídos, até então uma novidade) ao mesmo tempo em que preservaram a aura de delicadeza e limpeza que cheiro de talco e maquiagem proporcionam. Sim, dizem que L`interdit também cheirava à pó facial.
PERFUMES E AUDREY HEPBURN
Audrey Hepburn em fotografia de Bert Stern 1966

O L`interdit pode ser encontrado hoje, mas as notas divulgadas atestam forte modificação daquele primeiro:

L`Interdit 2003 de Givenchy é um perfume Floral Frutado Feminino.L`Interdit 2003 foi lançado em 2003. As notas de topo são Peônia, Madressilva, Osmanthus, Pêssego, Folha de violeta e Rosa búlgara as notas de coração são Tuberosa, Flor de Laranjeira, Ameixa, Pêssego, Heliotrópio e Rosa as notas de fundo são Sândalo, Âmbar, Patchouli ou Oriza, Almíscar, Musgo de Carvalho e Cedro

Pelo visto fomos proibidos de ter acesso àquele presente que tanto agradou Audrey Hepburn. Ficamos apenas a imaginar qual deve ser a sensação de ganhar um mimo tão exclusivo e especial?


Abraços perfumados e feliz fim de semana.


Veja também:
Como nosso nariz e cérebro trabalham para identificar o cheiro

Fontes:

sexta-feira, 25 de julho de 2014

RESENHA PERFUME LAVANDA E ALGODÃO DA MAHOGANY

16 comentários:
Era um outono de dias mais quentes, que poderia até passar por uma tarde de verão. Adepta de perfumes orientais com especiarias, naquele dia meu corpo precisava de algo mais leve e limpo. Foi assim que tudo estava propício a que eu gostasse de Lavanda e Algodão, da Mahogany. Antevendo a fixação fraca típica desse tipo de fragrância trouxe o óleo para banho também. 

MAHOGANY LAVANDA E ALGODÃO

Segundo a marca:


PERFUME COM CHEIRO DE AMACIANTE DE ROUPACaminho Olfativo: Floral Aromático Lavanda 
*Notas de Saída: Eucalipto, Lavanda, Lavandin, Gerânio e Bergamota 
* Notas de Corpo: Rosa, Musk, Lima, Lírio Branco e Íris 
* Notas de Fundo: Baunilha, Sândalo e Vetiver

Ao meu olfato essa fragrância está centrada no cheiro de alecrim com musk, um pozinho de íris e algumas gotas de lavanda. As demais notas atribuídas não pude sentir. Gostei do fato de a lavanda não ser a tônica principal. Prefiro-o assim, mais voltado ao cheiro de limpeza típico dos produtos para higienização de tecidos.

Cheiro simples como uma camiseta branca de algodão.
Confortável como essência de lavanda.
Fresco temperado como cheiro de alecrim.
Fofo.

São os cheiros e sensações envolventes que este Perfume nacional me provoca. Cheiro de casa limpa e arejada. Cheiro de conforto explícito. No verão, como previa, diante de temperaturas altas ele evapora rápido demais. 30 minutos e não mais o sinto.A grata surpresa foi quando neste inverno o busquei. Usei e Lavanda e Algodão foi sentido por 3 horas. Não sei explicar, mas grudou por mais tempo na pele. 

Não é o estilo preferido, mas está naquela parte do armário a qual recorro quando meu olfato está cansado e pede um pouco mais de calma.

E o óleo de banho da mesma linha?


Vale à pena? Ajudou na fixação? Não. Testei usando-o em um braço, noutro não. Não senti qualquer diferença quanto ao desempenho técnico, mas sim apenas na qualidade do cheiro. O resultado é que não recomendo o Óleo de Lavanda e Algodão. Hidrata, mas o cheiro rancento de gordura barata e envelhecida me soou intragável e sobrepuja ao da essência.  Amo conjuntinhos: óleos, cremes e seus perfumes, mas neste duo - não deu certo.




Resumo: quanto ao perfume


  • Projeção: alta logo no início (30`), depois fica rente à pele.
  • Evolução: inexistente.
  • Fixação: no verão muito baixa, no inverno mediana.
  • Composição: simples, mas agradável e natural (do perfume,não do óleo)
  • Sugestão de uso: compartilhável, em qualquer estação
  • Quem gostará? Se você ama cheirinho de amaciante de roupa, aromatizador de Alecrim, essência de lavanda. 

E você, tem também um perfume para usar quando o olfato está cansado?
Qual é a sua escolha?

Um outro que também uso nessas circunstâncias é o:
Armani Code Luna Eau Sensuelle, Edt

Abraços perfumados

Veja também: Resenhas de perfumes da Mahogany
Angico Branco
Jasmin d`Egypte, Eau de toilette
Keen
Make me fever gold, Edt
Make me love, Edt
Mogno Atlântico
Secret Kisses


Fonte da imagem:
Sweet House

A COLEÇÃO DE PERFUMES DA ROSANA

26 comentários:
Quantos anos? Não sei precisar, mas conheço Rosana de redes virtuais anteriores a facebook, blog.... ops, melhor não detalhar muito. :p Lembro-me dela falando de seu apreço por maquiagem, esmaltes, fotografia. Acompanhei sua evolução nos registros fotográficos, e vibrei quando compartilhou ter lançado com seus sócios um Estudio de fotografia em Santos, o Close Foto Produções. Gente que a gente gosta sem nunca ter visto pessoalmente - vocês entendem o que é isso também, não é? Conversa vai, conversa vem... Rosana também ama perfumes e essa sexta é dela. Vamos ver a sua coleção?


Minha Coleção de Perfumes


Quando fui convidada pela querida Dâmaris para apresentar a minha coleção de perfumes, fiquei ao mesmo tempo lisonjeada e preocupada, afinal adoro o Village Beauté e a forma tão única dela escrever, porém não estou acostumada a expressar no papel (ou no computador) sentimentos, impressões... Por outro lado, como fotógrafa senti que era uma boa oportunidade para juntar duas coisas que amo: fotografia e perfumes. E assim coloquei o desafio em prática.

Não lembro ao certo quando começou minha paixão por perfumes. Sempre gostei, mas não era nada avassalador. Comecei ainda adolescente com colônias da Natura (Kriska, Musk, Tisbe..) e Boticário (Cecita, Thaty...). Lá pelos 20 anos conheci o Boticário Myriad (até hoje não senti em nenhum outro a canela gostosa que tem nele) e Natura Revelar. Usei demais esses dois.

Passado mais um tempo finalmente ingressei nos importados. Comecei com Kenzo, pela relação custo x benefício: Summer (saudades eternas desse perfume do meu início de namoro com o maridão!!!!!!!! <3 ), Jungle (hoje detesto esse), L ́Eau Par... Gastei mais um pouco e conheci o Givenchy Ange ou Demon (perfume das noitadas com o maridão) e por aí vai. E sempre foram poucos frascos, alternados. Tinha no máximo cinco perfumes.

Há cerca de um ano me aprofundei na paixão perfumística e aí a coleção começou a aumentar.

Hoje são 35, todos guardados em uma prateleira do meu guarda roupa, longe da luz, sem caixas (ocupam muito espaço). Ainda estou aprendendo a identificar notas. Descobri que gosto mais de baunilha, especiarias como pimenta e eventualmente íris (não gosto da íris em todos os perfumes), mas no geral divido os frascos por estações e se gosto ou não gosto.

Uso conforme meu estado de espírito e dificilmente uso o mesmo perfume dois dias seguidos.

Só à noite sou fiel a uma fragrância, neste caso o Lancome La Vie Est Belle (para barzinhos e balada), que ocupou o lugar do Givenchy Ange ou Demon.

Alguns perfumes da coleção foram comprados por influência da Dâmaris, mesmo no escuro e por incrível que pareça acertei nas escolhas. Daí conclui que eu a Dâ temos gostos parecidos para fragrâncias. Temos mesmo vários em comum, Rô :)

Não vou detalhar se as fragrâncias são florais, frutais, orientais, etc... até porque eu ainda não sei classificá-las e existem resenhas maravilhosas na web de cada uma delas, que por sinal adoro bisbilhotar. E confesso: resenhas bem elaboradas me fazem decidir pela compra.
Como a maioria é comprada sem testar antes, costumo escolher embalagens de 30 ml. Se gostar, invisto em um vidro maior. Se não gostar, o prejuízo não é tão grande, mas até hoje pouquíssimos perfumes me causaram esse aborrecimento: Cacharel Eden (Perdoem-me os que gostam, mas tive náuseas . Dei para minha sogra e nela ficou muito bom!!) e Jennifer Lopez Glow (Não riam, mas uso uma borrifada para aromatizar ambientes).
Então vamos lá:

Foto1: Coleção de perfumes reunida

35 vidrinhos bem variados (eu acho)
Foto 2: Perfumes Fresquíssimos
Foto 2: Fresquíssimos



L ́Occitane Eau des Minimes Cologne de Le Couvent des Minimes (the Best) / L ́Occitane Eau Ravissante / Marc Jacobs Cranberry / Marc Jacobs Rain


Para aqueles dias de calor insuportável. Tomo banho mesmo. Sinto-me relaxada ao usá-los depois de um banho "pós-dia-duro" de trabalho.


Foto 3: Perfumes para o Verão

Hypnose Eau Legere de Lancome / Balenciaga Florabotanica / L’Eau 2 Kenzo / Versense de Versace / D&G Light Blue de Dolce&Gabbana / Omnia Coral de Bvlgari / Saharienne de Yves Saint Laurent / 5th Avenue de Elizabeth Arden


Uso no dia a dia, para trabalhar, exceto o Florabotanica que fica guardadinho para passeios diurnos nos finais de semana.


Foto 4: Perfumes Preferidos.

Body Eau de Parfum Intense de Burberry / Coco Mademoiselle Eau de toilette de Chanel / La Vie Est Belle de Lancome / Miss Dior de Dior / Chloe Eau de Parfum de Chloe / Infusion d'Iris de Prada


Uso o ano todo, dosando a quantidade de borrifadas conforme a estação. Dentre eles está um amor para as noitadas: Lancome La Vie Est Belle e um amor recente: Prada Infusion D ́Íris. O Prada é chiquérrimo demais!


Falando em noitadas, acho que preciso de outro perfume para essas ocasiões. Sugestões?


Foto 5: Meia Estação / Inverno

Make Me Fever Gold de Mahogany (clone do Chloé EDP!!!) / Revelar Noite / Kenzo Amour / Valentina de Valentino / Tresor Midnight Rose de Lancome / Ange ou Demon de Givenchy / Allure Sensuelle de Chanel / HypnoticPoison Eau Sensuelle de Dior


De 18 à 24 graus - temperatura média no ameno "inverno" da Baixada Santista.

Desses o preferido é o Chanel Allure Sensuelle. Ele tem um ardidinho que adoro. Acho super sofisticado. Comprei no escuro por causa de uma resenha maravilhosa da Dâmaris e foi tiro certeiro. Muito amor pelo Allure Sensuelle, Rô.



Foto 6: Perfumes para Inverno

Honey & Vanilla de L`Occitane (adorooo) / The Taste ofFragrance Angel le Gout de Thierry

De 16 graus para baixo, ou seja, bem de vez em quando.

Quando comprei o Honey & Vanilla não gostei de imediato. Ficou encostado mais de um ano e recentemente descobri que o adoro! Fica um cheirinho de mel com baunilha tão confortável. Mas tem que ser em temperaturas baixas.

Quanto ao Angel Le Gout, uma única borrifada na nunca é o limite para que eu não me sinta sufocada. Considero-o inebriante. Nunca senti um perfume com chocolate amargo. É diferente de tudo que conhecia.



Foto 7: Categoria “não definida”


Very Irresistible Givenchy Electric Rose / Very Irresistible Givenchy Tropical Paradise / Gucci Guilty Black / Gucci Guilty Intense / L`Eau Par Kenzo Eau Indigo / Ricci Ricci de Nina Ricci / CH de Carolina Herrera


Explico! São aqueles perfumes que não gosto tanto, ou gosto mas odeio a fixação (os da Gucci, por exemplo, que amo a fragrância, mas não duram nada) ou que simplesmente não decidi se

Um desses não faz mais parte da coleção. É o CH, que não combinou comigo. Dei para minha irmã ontem e ela amou.


Foto 8: Perfumes da minha filhota de 6 anos


Kit Princesas Disney (achei no free shop) / Natura Mamãe & Bebê Flor de Laranjeira / Avon Barbie / Natura Naturé / Jacadi / Ptisenbon de Tartine et Chocolat Givenchy (confesso que de vez em quando uso um pouquinho desse último)

Eu nem ia mencioná-los, mas a baixinha me viu arrumando os perfumes para as fotos e de imediato pegou os dela, “exigindo” que fizessem parte da coleção. rsrsrsrs... Acho que daqui alguns anos alguém vai afanar meus perfumes...




Então.... Esses são os meus “filhinhos”, mas a família ainda não está completa. Tenho alguns na lista de desejos como o L`Eau par Kenzo Mirror Edition, Acqua di Parma Blu Mediterraneo - Mandorlo di Sicilia, Guerlain Insolence, Terracotta Le Parfum de Guerlain (está a caminho, uhuuu!!

– comprei no escuro para variar)... e por aí vai. Mas o que me deixou feliz esses dias foi conseguir no Ebay um vidrinho novo do descontinuado Summer by Kenzo. Foi postado esses dias e espero que chegue logo.


Espero que tenham gostado desse "pequeno texto". Hahahaha...
Obrigada pelo carinho e atenção de sempre, Dâmaris. Fiquei muito feliz pelo convite. Espero ter contribuído um pouquinho com seu blog tão perfumado.


Beijos,


Querida e perfumada Rô,
estás ensinando uma bela arte à pequerrucha linda. Mande nosso beijinho a ela e que seja bem vinda ao mundo dos perfumes. Terás uma "sócia" (como diz a Cris) no uso dos teus 35, certamente... :) Temos vários perfumes em comum, praticamente a maioria dos teus eu também tenho! Nosso gosto olfativo realmente se aproxima; mas tens algumas preciosidades que estão no terreno dos meus sonhos, como o Angel Le gout du parfum e o Terracotta da Guerlain. Conte-nos como ele é, sim? Curiosei também com este Revelar Noite da Natura. Tem canela? Vou procurar senti-lo. Para o inverno deve ser bom, não é?

Obrigada, Rô, pelas fotos, texto, por compartilhar tua história e a da filhotinha
Beijos às duas.

Meu povo perfumado, quais perfumes vocês sugerem para a Rosana usar nas baladas com o maridão pelas noites de inverno?


Veja as demais coleções perfumadas, seus estilos e histórias:

Quer mostrar a sua coleção de perfumes aqui no Blog Village Beauté?
Envie fotos + texto para villagebeaute@gmail.com

Pin It button on image hover