SKISSINGER VERSACE EM MEU PRIMEIRO PERFUME


Conheço Skissinger Versace através de uma comunidade de perfumes do orkut, e um pouco mais depois, por que ela começou a participar ativamente aqui do Blog Village Beauté. Sugere. Compartilha. Tece dicas e enriquece os posts. Os comentários de todos sempre ampliam o que escrevo, e acho isso ótimo. Espontânea, talvez motivada pela crônica que acabara de ler, publicou no face o que lhe veio à mente quando leu "Meu primeiro perfume"... e aqui republico com a sua autorização. Na manhã dessa sexta-feira de luz dourada, vamos conhecer a história da Skissinger sobre o seu primeiro perfume?

LEITORA DO VILLAGE BEAUTÉ COMPARTILHA SUAS MEMÓRIAS
Meu primeiro perfume, por Skissinger Versace


Minha história com os perfumes começou de forma bem sutil e despretensiosa; por volta dos meus 15 anos costumava usar os que mainha comprava e me lembro que usei bastante o dela, se chamava Topaze, da AVON. Acostumada com não ter um gosto próprio, um dia estava na casa de uma amiga, e a mãe dela era revendedora Natura. Naquela época ter um O Boticário ou Natura era luxo. Sua mãe trabalhava num banco, saia cedo de casa e voltava bem tarde. Ficávamos o dia inteiro conversando, fazendo pipocas passando o tempo com bobagens; até um dia que minha amiga disse que teria que ir no dentista e eu esperei ela se arrumar pra ir pra minha casa, quando ela falou: Vou pegar o perfume de mainha pra ir no dentista. Então ela foi no guarda-roupas e tirou de la um Ravel do O Boticário e passou atras das orelhas e pulsos . Quando senti aquele cheiro maravilhoso fiquei hipnotizada. Com meus 15 anos, sem mesada dos pais, pensei, quando eu trabalhar vou comprar esse perfume pra mim . Demorou mais 3 anos e entre lançamentos fui me apaixonando por cada novo perfume que eu sentia. Saia a pé pro centro da cidade pra visitar uma loja do O Boticário que havia aberto. 
BLOG VILLAGE BEAUTÉ COM  A PARTICIPAÇÃO DE SKISSINGER VERSACE
Comecei a trabalhar com 18 anos e com o meu primeiro salario, em 1996, consegui comprar meu 1° perfume O Floratta tradicional verde fosco com frasco desenhado por Thierry Lecoule um designer francês. Fiquei tão feliz, e olha que nem prestei atenção no Ravel, tendo em vista a fascinação pelo Floratta que era um nacional com uma proposta internacional. Guardo o frasco até hoje; pintei de dourado e o eternizei. Hoje como uma peça de decoração, que às vezes abro e ainda consigo sentir o cheiro bom de uma conquista que pode ter tido um preço, mas que para mim nunca terá, diante do contentamento que é ter algo que se quer muito.

Update:
S.Kissinger Versace, depois de um fim de semana em sua casa de descanso, fotografou o frasco de perfume pintado em dourado, e enviou fotos para que pudéssemos vê-lo:

O PRIMEIRO PERFUME DE S KISSINGER VERSACE
O primeiro perfume de SKissinger Versace. Frasco vazio pintado de dourado.


Skissinger Versace, Técnica em Rotinas Administrativas pelo Senac e Cabeleireira também pelo Senac. Empresária no segmento Salão de beleza e cosméticos. Perfumista e cosmetóloga técnica. Recife.


Obrigada, Skissinger, por participar do Village Beauté. Não conheci o primeiro Floratta, infelizmente, e depois do seu texto fiquei pensando que deve ser muito bom, realmente, pois a partir dele toda a coleção Floratta foi lançada. O frasco foi cuidadosamente projetado por Thierry Lecoule, designer francês, que buscou inspiração nas florestas tropicais. Folhas, flores, plantas foram observadas para confeccionar o primeiro Floratta de O Boticário. O sucesso foi tanto, que a marca lança, desde então, novos Florattas esporadicamente. O design mudou em 2012, como mostramos aqui, mas a proposta de cheiros mais voltados à natureza permanece.

Confira os Florattas que já apareceram nas Resenhas de Perfumes do Village Beauté:

Perfumes e suas histórias, que falam de cuidados, amizade e conquistas. Estou amando a coluna Meu Primeiro Perfume, e você?



15 comentários :

  1. é a primeira vez que vejo alguém dizer que pintou um frasco de perfume. que coisa interessante! deve ser um bom modo de introduzir ainda mais os frascos à decoração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é mesmo, Amana..... e a vontade de ver este frasco dourado? Como colecionadoras de perfumes, e que usam os queridos - temos que saber como guardar os frascos vazios, não é? bj

      Excluir
  2. Obrigada a vc que enriquecem de forma talentosa e poética nossa paixão por perfumes , lembro bem do cheirinho deste meu primeiro perfume pois ainda tenho o frasco como disse, e se vc conhece e lembra do Parfum D'eté de Kenzo , vai sentir exatamente o cheirinho dele , são bem parecidos, e mais uma vez Obrigada pelo Carinho de sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SKissinger,

      por ser o primeiro e com a proposta mais "natureza" da linha Floratta, é bem compreensível o fato de ele ser parecido com o Parfum da Kenzo... fiquei ainda mais curiosa. Eu que agradeço, pois gosto muito das tuas participações.

      bj

      Ps.: se quiseres mandar foto do frasco dourado - tenho certeza de que eu e mais alguém gostaremos de ver.

      Excluir
  3. sIm Sim , Deixei-o na casa que descanso la em Araçoiaba e Proximo final de semana , dia 13/04 sábado ,viajo pra la e vou tirar as fotos dele que fica numa mesinha perto da Tv, e mostro pra voces na segunda feira a noite,como nao conseguia me desfazer dele , comprei uma tinta em spray super fácil de aplicar e pintei pra eternizar e ficou bem lindo. Aguardem rss ... Beijos a todas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba!!! Quero ver e postar aqui :) Obrigada ! bjs

      Excluir
  4. Que lindo esse texto da Skissinger Versace sobre seu primeiro perfume, adoro essas memórias olfativas, incrível como conseguimos lembrar do cheiro de um passado distante, como a memória olfativa é forte, lembro bem do cheiro de CK Be quando comprei assim que foi lançado, era minha assinatura olfativa, meus amigos lembravam de mim ao sentir esse perfume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DInorama,

      por vezes esquecemos, mas os perfumes também participam da construção da nossa identidade, tal como falastes. obrigada pela participação e comentário! :) Volte sempre!

      Excluir
  5. Obrigada Diorama ,é muito forte a relação com perfumes quando amamos eles , é por isso que é tudo tão intenso e vivo dentro de nós.

    ResponderExcluir
  6. Amei! A gente nem percebe mas os nossos perfumes sempre revelam o momento que a gente tá vivendo! O meu primeiro perfume foi o Limiar da Natura, tinha 7 anos , fazia a minha avó compra o kit, ele vinha com outros 2 perfumes, mas aí a Natura parou de produzir, e eu tive de procurar outros! Tô numa fase estranha , apaixonada por bodysplashs, principalmente de uma marca chamada Loungerie, e de uma colônia com notas de pera da Jo malone(English Pear and Freesia Cologne), que é bem maravilhosa!Vivo mudando , não tem jeito! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito de Splashs e ultimamente em Recife é o que ha de melhor , estou usando diariamente e já no 2° frasco de 200ml o ENERGIA da Jhonsons , que é uma maravilha de cítrico amarguinho e fixa bem refresca durante o dia e me deixa com cheirinho de limpinha o dia todo, quem não provou, prove é uma delicia.

      Excluir
  7. *OldWestCowgirl* Adridomingo, abril 07, 2013

    Kissinger, linda história.
    O mais interessante é perceber sua determinação, o esforço em conseguir algo que tanto queria com recursos próprios desde adolescente. Parabéns.
    Eu tive um Ravel, saudades dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amore , Acho que é uma caracteristica nossa , amantes de perfumes , ele pode até ser dificil , caro , raro , mas vamos la e conseguimos. Também morro de saudade do Ravel .

      Excluir
  8. Ficou Lindo !!! as fotos assim , vou pescá-la pra mim rsrsrs :)

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover