PANMELLA EM MEU PRIMEIRO PERFUME


Vem prá sala de estar do Village Beauté e vamos prosear sobre as lembranças da Panmella, a convidada que hoje falará sobre : "Meu primeiro perfume."

AS HISTÓRIAS DA PANMELLA SOBRE OS PERFUMES
CRÔNICA - PANMELLA MEU PRIMEIRO PERFUME


Minha paixão pelos perfumes é de família e me remete a vários momentos inesquecíveis. Tudo começou com a minha avó Mariá, que adorava um bom perfume e um detalhe que marcou: quando era pequenininha e ia me perfumar ela tinha a mania de colocar suas lavandas no corpo todo inclusive na cabeça (pra ela não tinha coisa melhor do que uma cabeça cheirosa). 

Da mesma forma minha mãe sempre me arrumava e não esquecia de me perfumar! Meu primeiro perfume de infância foi o Má Chérie de O Boticário. Ganhei da minha mãe e não esqueço nunca do quanto me sentia uma mocinha quando eu colocava ele pra sair (adorava aquele cheirinho). 

Outro momento que marcou muito foi quando minha tia Liduina (pessoa bastante presente na minha criação) que também gostava bastante de perfumes, comprou o Glamour da Boticário, nessa época eu tinha uns 13 anos, e quando vi aquele perfume me apaixonei, tanto pelo cheiro como pelo vidro, era algo que me deixava deslumbrada, a embalagem tinha sido projetada pelo estilista Ocimar Versolato e ele tinha uma fixação perfeita. Como era um perfume relativamente caro pra gente, ela nunca deixava ninguém usar, só que eu dava meu jeitinho e sempre que tinha a oportunidade usava escondido, sendo que todo mundo acabava sentindo o cheiro e lá vinha bronca, mas minha paixão por ele era tão grande, que mesmo sempre levando bronca eu repetia o ato. Até que uma dia ela cansou e resolveu me presentear com ele, não esqueço nunca da minha alegria e do prazer que tinha de contar para minhas amigas que usava Glamour; até hoje tenho a caixa dele comigo, porque infelizmente o vidro eu acabei quebrando sem querer depois de um tempo! 
OS PRIMEIROS PERFUMES DA PANMELLA
Panmella

De lá pra cá fui crescendo e sempre com um sonho de ter uma coleção de perfumes, até arranjar meu primeiro emprego ao 21 anos e colocar meu sonho em prática. Com o meu primeiro salario comprei dois perfumes: um logicamente era o meu querido Glamour e o outro foi um importado o Red Delicious da DKNY, e daí pra frente não parei mais. É uma paixão que tornou-se um vicio e que me dá um prazer imenso em falar sobre eles! Costumo dizer que os perfumes tem o poder de deixar rasto e inebriar as pessoas e comigo ele fez isso bem direitinho! Tenho um imenso orgulho da minha coleção e sempre quero mais, sou uma consumidora desenfreada quando o assunto é perfumes. Minha tia diz que se minha vó estivesse viva hoje ela ia enlouquecer com tanto perfume! Escrever e ler sobre isso é uma grande paixão, até que um dia resolvi criar um blog e daí surgiu o Perfumania! Queria agradecer a Dâmaris a oportunidade de dividir minha historia sobre os perfumes nesse cantinho que tanto gosto de visitar diariamente e me encantar com a forma bela que ela tem em descrever e falar sobre os diversos perfumes!!!

Panmella Sarmento, Enfermeira, trabalha com terapia intensiva pediátrica e proprietária e escritora do blog Perfumania.



Vocês já pararam para observar como as nossas mamães e avós são as principais responsáveis por amarmos os perfumes? Em todas as histórias elas aparecem! :) Obrigada, perfumada Panmella, por ter aceito o convite. Gostei muito de te conhecer um pouco mais ! :) bj



Já temos uma coleção tão perfumada de crônicas...





8 comentários :

  1. Adorei Dâmaris, ver minha história perfumada contada no seu blog que adoro!!! Bjinhos...

    ResponderExcluir
  2. Interessante, lendo este relato da Panmela foi possível acompanhar a evolução da arte de se perfumar: cresce a menina, forma-se uma nova identidade, muda de perfume, evolui para a mulher e segue descobrindo novas fragrâncias...
    Beijos e um ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. humm e adivinhe quem estará na px sexta-feira? ;) bjs querida Thaís

      Excluir
  3. ora, ora, ora, quem está por aqui... a querida panmella.

    gosto muito de ler sobre os primeiros perfumes de alguém e percebo como os perfumes da infância ficam no coração, né? continuam como favoritos para a maioria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marcando uma vez na vida....fica para sempre, ao que tudo indica, não é Amana? bjs

      Excluir
  4. Saudades de vir aqui! Ando sumida, com pouco tempo de blogar. Mas acho q vai aliviar agora! Adorei a série dos relatos e vim aqui olhar o da colega enfermeira! Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudades de vc, Marion....espero que tudo esteja bem contigo. Fico muito feliz de te rever; e voltarei à tua casa para te acompanhar. bjs

      Excluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover