RESENHA PERFUMES RUMBA TED LAPIDUS - EAU DE TOILETTE

Leia essa resenha de maneira ritmada transformando cada adjetivo em seu correspondente superlativo, afinal - tudo em Rumba Ted Lapidus Eau de toilette é intenso. Tudo.  

resenha de perfumes no blog village beauté



Este perfume só poderia ter nascido no contexto dos anos 80. Tempo de condutas famintas, onde expressões como suave, delicado e contido foram banidas dos dicionários. Vale destacar que quando Balenciaga lançou, em 1989 o Rumba, Ted Lapidus já trabalhava com perfumes há quase 10 anos; algum tempo depois assume, também, a produção de Rumba.

Ainda me lembro da primeira vez que o senti, um chypre frutal floral em seu melhor contraste frutas amarelas doces com acordes verdes rasgantes do musgo de carvalho. Além de nos levar a outros tempos, esse perfume transporta-nos a cenários específicos.

RUMBA TED LAPIDUS EAU DE TOILETTE
Passos da afro-latina / cubana dança: Rumba

Da saída ao fim há um acorde másculo onipresente.  
Em volta dele bailam em ritmados compassos doces e suculentas frutas (gotas de tangerina, suco de pêssego e ameixa), românticas flores (flor de laranjeira). O ritmo, tal qual na Rumba música "Entre dos Aguas", do preferido violonista Paco de Lucia, num crescendo intenso aperta os abraços em forte tuberosa e cravo (Poison intimida-se, lá de sua caixa verde). Coração com rosas vermelhas assabonetas. Frutas e flores, o acorde-dama do acorde-cavalheiro pele-couro suado, bruto envolto está em nuances incensadas inebriantes do styrax/benjoim, quase sempre presente naqueles perfumes que constroem a sensação de tabaco. O patchouli aparece ricamente, ao fim das longas horas de fixação, com uma atmosfera enfumaçada e exótica.

* Evolução: vertiginosa. Dançante e multi-facetada.
* Perfumistas: Jean-Claude Ellena e Ron Winnegrade inspirados no cheiro das dançantes mulhes do afro-latino ritmo Rumba
* Projeção: intensa, só perde para Montana parfum de peau. Poucas gotas são sentidas a metros de distância.
* Fixação: não fixa, ele agarra a pele. Não sai com água, só com isto , e olhem que é Eau de toilette.
* Composição: dos mais perfeitos que já pude cheirar. A forma como as notas vão evoluindo às voltas, dançantes sobre acordes tipicamente másculos é artístico e nos conduz na dança Rumba.
* Sugestão de uso: homens e mulheres. Outono inverno, ocasiões sedutoras. Exige do nariz que o sente, predileção por aromas mais exóticos e carnais. Faz parte da família de Animale, Paloma Picasso, Montana parfum de peau, Perla Classic, por exemplo, mas sem assemelhar-se a nenhum.
* Preço: por ser tão específico a um outro tempo, podemos encontrar Rumba a preços ótimos.
Para "sentir" a evolução de Rumba Ted Lapidus <3



Ainda hoje, a resenha de Rumba Passion. Ambos textos em atenção aos pedidos das leitoras Leila e Vivi.


Abraços perfumados no estilo anos 80.



Veja também as seguintes resenhas:


2 comentários :

  1. Paula Araujo • Quem mais comentou • Colégio Nobel
    Nunca pensei que compraria perfume consultando um blog!!! Mas está acontecendo. Suas indicações são essenciais para definir as minhas compras. Obrigada!

    Village Beauté
    muito obrigada, Paula! Além de compartilhar as sensações olfativas, ter essa função que "salva o bolso" era uma das intenções, também...O que antes era compartilhado só com irmã e amigas tornou-se blog. Obrigada por fazer parte! bj

    Maria De Lourdes Da Barbara Baialardi • FMU
    Agora tu me apertou sem me abraçar menina??!!!! Como podes fazer isso com meu pobre coração..... citar Perla Classic que amei e agora o que fazer??? Vou ter que tentar encontrá-lo em uma loja física e provar, pois já fiz alguma compras erradas e não quero errar novamente.

    Nem preciso dizer que a resenha está deliciosa e com esse vídeo, fechou com chave de ouro!

    Beijo querida


    Village Beauté
    Malú, é bom provar antes ... é perfume dos mais intensos que já conheci, só não é mais forte que o Montana parfum de peau. Tens amostra dele, sim? bj

    Maria De Lourdes Da Barbara Baialardi • FMU
    Sim, tu me enviou, na hora achei forte, provei novamente e gostei, só não sei se apaixonei, rsrs. Vou tentar encontrá-lo então. bjs


    Village Beauté
    Maria De Lourdes Da Barbara Baialardi se vc não gostou do Parfum de peau, corre o risco de não curtir o Rumba :( bjs


    Ubiratan Mayka • Médico Psiquiatra na empresa CliniMater
    Curiosei MUITO! Gosto de perfumes intensos, e vejo que Rumba é isso!
    Entrou para minha wishlist!


    Village Beauté
    Ubiratan, só perde para o Montana Parfum de Peau .... aguardarei tuas impressões sobre o Rumba ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá querida... Apesar de não postar comentário há algum tempo, estou aqui lendo tuas palavras todos os dias. Nada melhor pra transmitir a ardência e a força dessa fragrância do que Paco de Lucia... ar-ra-sou!!
    Como sempre, maravilhosa...
    Bjs!!!

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover