A COLEÇÃO DE PERFUMES DE ADRIANA ANCHAU

Conheci Adriana nos áureos tempos do orkut, admirava a intensidade de suas palavras e paixão pelos perfumes. Muito feliz fiquei quando percebi que ela passou a ler o Village Beauté, e mais ainda quando aceitou participar de uma série que vivemos em 2013, quando narrou uma história cinematográfica e... real. Agora ela é a nossa convidada para mostrar sua Coleção de Perfumes.

Com vocês: Adriana Anchau.



Minha trajetória perfumada.


Propaganda O Boticário anos 90
Posso dizer que na adolescência ainda era uma pessoa comum em relação ao universo perfumado, não tinha aspirações perfumísticas, usava Ravel, Dreams, Insensatez, Cecita (O Boticário), muitas vezes porque havia sido presenteada em data comemorativa, como qualquer garota da minha idade na época. Apenas hábito, rotina, como tomar banho, vestir a roupa, colocar um acessório.


Foi quando tudo mudou, aos meus 19 aninhos algo aconteceu, um toque mágico como nos contos de fadas, aquele instante em que você vive uma transformação que se instalará de forma irreversível na sua vida. Mamys tinha uma amiga viciada em compras. Ela costumava comprar roupas, sapatos, acessórios, perfumes, entre outras coisas. Na maioria das vezes chegava a comprar vários artigos iguais, diferidos apenas pela cor. Se gostava de um sapato, ela comprava 5 pares dele, nas cores disponíveis...rs. Porém, com o passar do tempo enjoava, não usava tudo que possuía e substituía por outras compras. Assim, juntava uma sacolada de coisas pouco usadas e trazia para vender por um bom preço. Nessas ocasiões, eu surtava de alegria com a oportunidade de comprar o que nossas condições financeiras não propiciavam nas lojas, minha família é muito simples. Perdida nas bolsas de couro legítimo, nos sapatos de grife, nos belos relógios e num dia em especial, totalmente perdida (para nunca mais me encontrar...rs)  em alguns frascos estranhos de perfumes de nomes esquisitos, que nem imaginava existissem (afinal meu conhecimento se limitava aos nacionais).
Curiosa, comecei a observar os vidros e borrifar na pele. O primeiro foi o Poême – Lâncome, espirrei e senti imediatamente como se o tom amarelo se espalhasse, um verdadeiro raio de sol, aquela luminosidade, o “clarão da revelação perfumística pra mim”...rs, uma sensação de felicidade automática tomou conta do meu ser naquele momento e eu nunca mais seria a mesma pessoa. Esse belo cheiro perfumou um grande amor, mas essa história já contei aqui: http://villagebeaute.blogspot.com.br/2013/03/adriana-em-meu-primeiro-perfume.html



Outro foi aquele vidrinho em formato de abóbora, olhei e pensei, será que tem cheiro de abóbora mesmo isso, mas deve ser ruim se for! Ou tem relação com Halloween esse treco, só pode! (Bobinha) Bastou espirrar e me encantei pelo aroma, que baunilha cremosa e aveludada (era o Alchimie – Rochas, saudades eternas dele).

Enfim, entre outros frasquinhos, passei a gostar do negócio, usar com frequência e, já não esperava ganhar de presente, ou a amiga de mamys aparecer com promoção de desapego, mas queria comprar nas lojas. O difícil foi descobrir o preço que teria de pagar pelos meus primeiros amores...rs, mas, aos poucos fui lutando aqui e ali e conseguindo alguns.

Tempo passando, ingressei na faculdade em 2008, e o amado eleito p/ perfumar a sala de aula era o Fantasy. Naquela época pouco conhecido. Tinha uma relação especial com ele, era forte, doce, envolvente, fixava muito e exalava horrores. Tudo que procurava num perfume, não sosseguei até comprá-lo e perdi a conta de quantos vidros dele usei. Infelizmente, reformularam e perdeu parte do seu glamour. Mas, era poderoso, lembro do meu melhor amigo dizendo que sempre sabia quando eu estava chegando, porque o meu cheiro chegava antes de mim invadindo o lugar.

Então, entrei no Orkut e conheci uma comunidade chamada Apaixonados Por Perfumes, a maravilhosa APP a qual sou muito grata. Meu cotidiano mudou, passei a ler, interagir e conhecer pessoas que possuíam o mesmo fascínio que eu. Uma janela de possibilidades se abriu na minha frente. Não tenho palavras que possam expressar a importância da APP pra mim, tudo que descobri e aprendi. Uma das situações mais interessantes, sem dúvida, foi entender que poderia realizar compras internacionais. Me lembro como se fosse hoje, tremendo de medo daquilo não dar certo, de não receber a encomenda, do cartão ser clonado, do computador explodir...kkk, arrisquei-me comprando uma máscara de cílios num site gringo pra ver o que aconteceria. Permaneci aguardando, mas sem muita esperança, pra num criar expectativa. Ocorre que, poucos dias depois, a recepcionista do trabalho ligou avisando que tinha uma caixa pra mim. Fui pegar e me deparei com aquela caixa envolvida num lacinho lilás conhecido de tantos aqui...rs, contendo nada mais nada menos que a máscara de cílios. Pense numa criança pulando e dizendo: Deu certo! Deu certo! Chegou direitinho! É verdade, aiaiai, é verdade!!!
Bem, muitos sites gringos de tantos lugares do mundo depois, não há necessidade de explicar como a coleção aumentou. Afinal, dólar cotado a R$ 1,62, preços incríveis, ausência de taxas, ou seja, meu pedacinho do paraíso na Terra...rs.

Ah, não posso esquecer de citar o outro pedaço do paraíso, as trocas propiciadas pela APP. Sem comentários, o carinho desvendado ao abrir cada caixinha de cada pessoa especial. A empolgação das negociações, a ansiedade da espera, a explosão eufórica da chegada, só quem viveu pode compreender.Certa vez queria um perfume cuja loja não tinha sede no meu Estado (Flagrant Shine), e pouco depois de comentar isso, eis que um anjo se prontificou imediatamente a comprá-lo e enviá-lo pra mim. Quantas amostras de perfumes raros compartilhadas comigo. 
Amostras / Decants de perfumes - Coleção da Adriana


Mimos, cartas com palavras afetuosas, tantas demonstrações significativas! Gestos de generosidade assim, atualmente tão raros, são inesquecíveis.
Tenho orgulho das amizades verdadeiras que fiz através desta família APP e as conservo todas aqui no meu coração e nas minhas orações.
O que sei é que com o passar do tempo fui conhecendo, apreciando, entendendo e amando mais e mais os perfumes. Não apenas os cheiros, mas os vidros, as caixas, as histórias, as campanhas publicitárias, as propostas, tudo que faz parte desse universo tão incrível. Um amor tão intenso que me aventurei a resenhar minhas impressões acerca de alguns, como tentativa de retribuir um pouquinho de tudo de fantástico que me trouxeram: perfil no Fragrantica
 Cada momento importante da minha vida, desde o borrifar inicial daquele Poême foi, é e será perfumado por uma fragrância escolhida com todo cuidado. Me recordo do imponente Black Orchid – Tom Ford, usado na minha formatura em 2012, do confiante e determinado Hypnôse EDP – Lâncome usado quando prestei o Exame de Ordem da OAB,  do confortável e elegante Prada Infusion d’Íris usado no teste de direção do Detran, do classudo Midnight Poison – Dior usado nas noites em que dançava até amanhecer, do sedutor Addict – Dior para enfeitiçar quem me fazia suspirar...rs, e tantos outros.
Dentre tantos que conheci, que tive, que tenho, que sonho ter, um se tornou o principal, assumindo o lugar de minha assinatura olfativa: Insolence EDP – Guerlain. O por quê? Não sei informar, também não consigo resenhá-lo, é muito difícil descrever o que amamos tanto.  Ah, o amor, apenas se sente, não tem razão de ser e tão pouco se explica. Tudo que posso dizer é que ele faz parte de mim eternamente, como uma parte da minha personalidade.

Admiro muito a citação de François La Rochefoucauld: “Os vícios entram na composição da virtude assim como os venenos entram na composição dos remédios. A prudência mistura-os e atenua-os, e deles se serve utilmente contra os males da vida.”

Assumo, sou completamente viciada em perfumes e não pretendo buscar qualquer tipo de cura. Sou imensamente feliz por não me sentir normal, por não ter apenas três vidros de perfume e não usar só de vez em quando como a maioria das pessoas. Me sinto realizada por me perfumar o tempo todo, por admirar os vidros, por querer sem saber por quê antes mesmo de conhecer o cheiro, por associá-los à música, à personalidades, a filmes, à recordações, por preencherem meus sonhos, meus sentimentos, por serem parte fundamental de minha essência enquanto ser humano.


Agradeço à minha amiga Dâmaris pelo gentil convite, sinto-me muito honrada por compartilhar um pouco da minha vivência aqui neste espaço reservado às pessoas que como eu buscam perfumar esse mundo, e aos bravos e pacientes leitores e amigos que chegaram ao final do extenso texto...rs.
Adriana Anchau, *OldWestCowgirl*, advogada, curitibana e perfumada...rs.



Adriana, saudosos tempos da rede orkut, que não conseguiu, ainda, encontrar substituto. Fiz um perfil no VK, mas ainda não me habituei ao seu formato. Era mesmo um espaço onde aprendemos muito: sobre pessoas, perfumes e generosidade. Muitíssimo obrigada por compartilhar a sua história, fotografar seus perfumes e estar aqui na "vila" conosco. Recebe o meu abraço com muito carinho... que outros perfumes possam te surpreender e acompanhar as novas vitórias que certamente conquistarás.

Agora - as fotos dos perfumes de Adriana! 


Flagrant, Intense. ... Very Irresistible Summer sorbet

Organza, Hypnose Edp, Hypnose Edt, Lou lou, Tocade, Elle

Eternity, Lola



Rosewood, Glow after dark, Glow, 212, White Diamonds

Alien, Pink Sugar Sensual, Libertè

Incanto, Giorgio, Ricci Ricci

CK in 2un, In Control, Cinema, Sultane

Blv, Féerie Edp, Prada

Si Lolita, Fantasme, Fantasy

Myriad, Rose Bourbon, Gucci Edp

Midnight Poison, Hypnotic Poison, Ferre, Miss Dior Chérie vintage

Covet Pure Bloom, Lolita Lempicka, Femme, First Love

La Rose ANgel, Presence d`une Femme

Eaudemoiselle, My Insolence, Live Luxe, Black XS, Nightflight

Insolence, Joy, Kate Moss

Burberry London, Kelly Caleche, Apparition, My Glow

Armani Mania, Benetton Rosso, Gaultier 2, Charme La perla

Poême, Black Caviar da Paris Elysees, Serpentine de Roberto Cavalli



Olha o Royalti de O Boticário ali no cantinho

360 Perry Ellis, ... ... White Diamonds ...


Perfumes descontinuados nacionais e importados... que vontade de fazer das fotos uma janela e cheirar todos, Adriana! ;)
Coloquei os nomes dos que eu consegui identificar...

Abraços perfumados, bom fim de semana!

Para ver as demais coleções dos perfumad@s do VB é só clicar aqui:
Coleções de Perfumes

11 comentários :

  1. Que gostoso encontrar aqui a maravilhosa coleção, as palavras e a própria Adriana! APP do orkut, sempre vou te amar, grupo incrível de pessoas maravilhosas! Dâmaris querida, obrigada pelas coleções e histórias apresentadas nas sextas! Nos aproxima!

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de texto! Tão rico, tão poético, tão doce, tão querido, tão envolvente, tão, tão....estou extasiada com as histórias da Adriana. A fascinante viajem olfativa, as conquistas de cada vidrinho, o desejo de ter mais e mais perfumes.....loucura? Não, não é loucura, é o prazer de descobrir o que cada aroma nos faz sentir, desejar, conhecer, compartilhar, amar e querer.....

    Obrigada Adriana por me proporcionar uma alegria sem fim nesta sexta, tua coleção fez meus olhos brilharem mais ainda.....e lembrar o quanto é doce, abrir meu armário e namorar os vidros, cheirá-los um a um.....escolher qual vou me perfumar, e saber que cada um de nós tem um perfume que é o amor eterno, tu com o Insolence e eu com o First......imagino estar uma velhinha amando intensamente meu First, pois sei que cada um leitor do VB, tem aquele perfume especial.....que toca profundamente nosso coração, dá um arrepio na pele e faz o sorriso no rosto aparecer......perfume é amor e amor é poesia....andam juntas fazendo a arte de amar e compartilhar como tu fez, mostrando teus preciosos líquidos aqui, obrigada querida!

    Um beijo a ti Adriana, e outro para nossa anfitriã chiquetosa Dâmaris.
    Malú

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malú, se meu texto fez teus olhos brilharem ontem, suas palavras preencheram meu coração de alegria hoje!
      Eu sou grata, principalmente à delicada Dâmaris que nos aproxima e propicia esses momentos perfumados de felicidade.
      Bj com carinho p/ ambas.

      Excluir
  3. Adriana, me identifiquei demais com sua história. Essa paixão não se explica. Acontece e é assim, sem explicação (o coração não se explica, age). Me criticam, em tom de brincadeira, porque não consigo ter 2,3,4 ou poucos perfumes para ter e usar.....na hora de ir ao shopping ou mesmo no supermercado, se desapareço e vão me procurar, falam assim: pode saber que o Ubiratan está na sessão de perfumaria do Supermercado, sentindo cheiro de sabonete ou xampú, rsss......Compro muito pelo site que envia as tais caixinhas com fitas lilases que mencionou, hehe.....quando chegam, é alegria de menino que acabou de ganhar um Laptop, rs...não entendem, mas não ligo. Parabéns pela coleção, e por mencionar dois tesouros muito especiais para mim: Black Orchid e Midnight poison. Gostei demais de sua história! Abs a você e a Dâmaris.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que posso dizer Ubiratan, compartilho das suas palavras, também costumo sumir no supermercado, e ser vista por terceiros abrindo vidros de shampoo, amaciante de roupas, entre outros, cheirando sabonetes feito louca e até falando sozinha enquanto o faço...rs, Como vc sofro críticas, mas acabo rindo junto c/ o crítico, procuro transformar em diversão, tento acreditar naquela máxima: "Se não pode com ele, junte-se a ele."
      E nem preciso dizer: Black Orchid e Midnight Poison estão no meu TOP FIVE, eu prefiro os intensos!
      Neste sentido, vc é minha versão masculina e eu sua versão feminina solta por aí...kkkkk.
      Abraço carinhoso.

      Excluir
  4. Parabéns Adriana, tua coleção é simplesmente divina! Tens alguns que namoro há algum tempo como Eden, Poeme, Fantasme, Midnight e Hypnotic Poison, entre outros claro, já que tua coleção é imensa...
    E disseste muito bem, este amor não há como explicar, ele vai acontecendo, se expandindo e quando vemos tomo conta de nosso ser.
    Um grande abraço às duas. você e Dâmaris por dividir conosco um pouquinho da tua intimidade!
    Bjs.
    Leila

    ResponderExcluir
  5. Está namorando poderosos!
    Gracias, Leila, bj.

    ResponderExcluir
  6. "espirrei e senti imediatamente como se o tom amarelo se espalhasse, um verdadeiro raio de sol "
    que .. que lindo isso cara! mesmo!
    (me lembrou o final do livro do Patrick Süskind, O Perfume)

    Entendo tudo, todos os seus sentimentos sensações e até os devaneios nos super mercados hahaha

    E sobre o que disse que é difícil descrever o que amamos tanto é pura verdade ainda mais em se tratando de perfumes. Pois pra mim perfumes são como sentimentos engarrafados e pra tanto é preciso senti-los, mais do que descreve-los.

    (Ps: lendo suas resenhas no fragrantica com força hahaha)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...é mesmo, Rafael... ótima integração entre Adriana e Patrick, perfeitamente possível! bjs

      Excluir
    2. Rafael, (só podia ser um anjo mesmo) me encantou pelas belas palavras e pelo fato de dedicar-se a ler minhas resenhas, gracias!

      Então, ainda não li O Perfume (sad but true), mas agora sou obrigada a encontrar tempo para fazê-lo, culpa sua e da Dâmaris...rs.

      Bj c/ carinho.

      Excluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover