VANESSA ANJOS EM MEU PRIMEIRO PERFUME

Coleciona perfumes, escreve sobre eles e aprecia a arte, assim como  nós. Ela é Vanessa, quem participa da nossa sala de estar hoje, nos toma pela mão e nos leva à sua história de sedução pelos perfumes. E, de quebra, ela nos presenteia como uma Resenha do Perfume Loulou, da Cacharel. ;)
Com vocês, Srta. Vanessa em Meu primeiro Perfume
LOULOU CACHAREL FRAGRANCES BY VANESSA ANJOS


Vou falar sobre meu primeiro perfume importado (porque o primeiro perfume meu, só meu, foi aos 7-8 anos e, embora eu tenha me sentido muito fofa e maravilhosa com ele, não poderia sequer dizer que cheiro tinha).

Cacharel Loulou demorou a me convencer. Afinal, ganhar um perfume destes quando você tem 13-14 anos e mora em uma cidade como Campo Grande, MS, onde o cerrado estorrica praticamente o ano todo, não faz muito sentido. Eu o reservava às ocasiões especiais e tentava entendê-lo: por que tão doce, por que tão especiado (não que eu soubesse que esta palavra pudesse existir), porque eu sinto cheiro de fruta "cozida"...? Este mentolado esquisito? E o que é este cheiro de... ahn, incenso e talco? Ah tantos por quês!
De fato, tentar entendê-lo me trouxe à paixão de hoje.
LouLou é um perfume que representa muito bem sua década, como Dior Poison. Aliás, partilham um estilo similar, opulento, poderoso, misterioso, embora eu veja em Loulou uma certa graça coquete e bem humorada.
ATRIZ QUE DEU NOME AO PERFUME DA CACHAREL

Naquela época, o patchouli, hoje tão popular, não seria adicionado a um perfume high end como LouLou. Hoje, seria. O cassis seria amplificado, o orris e a tuberosa diminuídos... A fórmula toda limpa e sanitizada como ao gosto da segunda década do novo século.
Eu gosto da ameixa escura, muito madura, e do tom todo noite, de LouLou.  Eu gosto de como  a canela e as flores luxuriantes, encontram as resinas e criam algo que não é gourmand, mas está lá, maduro, pronto para ser colhido e saboreado. É como a promessa de um strip tease burlesco. Gosto da opulência fechada, densa. Mas aos 14 anos... Só o usava pelo status.
resenha perfume loulou cacharelLouLou precisa mesmo de uma maturidade para ser apreciado, e eu não estou dizendo que é um perfume de mulheres velhas. Loulou é uma experiência: é algo sobre coisas que a brasileira não convive muito: fala de frutas estrangeiras, casacos de pele, invernos negativos, flores noturnas, resinas misteriosas. Um doce pungente longe do frutal ácido que nos é mais tolerável. 
É um perfume lindo, um clássico moderno (seu lançamento foi em 1987). As notas oficiais: orris, íris, violeta, incenso, ylang ylang, lírio, canela, baunilha, cassis, ameixa, tuberosa, mimosa, anis, jasmim, heliotropo, baunilha, benjoim, sândalo, musk.

Vanessa Anjos
Hoje, está entre os meus preferidos, não pelo apelo emocional (embora devesse, né?), mas por sua distinção. Dias frios (aqui no Sul) me inspiram a usá-lo. Nada como tirar o casaco e sentir uma lufada de LouLou, quentinha e doce, inebriando os sentidos!


Vanessa Anjos, do Perfume na Pele 

Srta. Anjos :)
Gostei por demais de tua crônica que se funde ao estilo resenha, seja pelas palavras, seja pelo detalhamento e mesmo pela fragrância escolhida. Tenho usado Loulou neste início de inverno do sul e, assim como tu, Loulou é perfume inverno, perfume mulher, perfume noite, perfume sedutor.

Muito obrigada por fazer parte da História do Village Beauté, por fazer parte da nossa história perfumada.
Um beijo, e até o nosso café! :)

Por aqui já passaram perfumes sedutores, perfumes pós-banho, perfume conforto...tantos e tantos a marcar memórias. Veja as demais convidadas, elas estão aqui

* Jean Guichard, perfumista que assina Loulou.

13 comentários :

  1. adoro os post do meu primeiro perfume, sempre fico tentada a conhecer todos que passam por aqui,bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, Vanessa... :) A gente fica na maior curiosidade para sentir o que elas percebem, não é? Amo! <3

      Excluir
  2. A Vanessa Anjos sempre arrasa! Adorei a resenha, tão rica e cheia de associações! Adorei a imagem do 'tirar o casaco e sentir uma lufada de LouLou' e do 'strip-tease burlesco'!
    Dâmaris, seu blog está cada dia melhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou poética e tentadora essa resenha do Loulou por Vanessa, Diana. Concordo com vc! :)
      Obrigada pelo carinho, menina dourada! bjs

      Excluir
  3. Perfeita a resenha, conheço sim, acho um perfume realmente forte e autêntico! Mas, para mim não houve uma sintonia perfeita...e sabes que aprecio perfumes fortes, mas sempre a gosto para todas e todos e peles perfeitas que podem exalar e deixar rastros deliciosos, não é mesmo? Parabéns a Vanessa Anjos por sua descrição irretocável.
    Um beijo querida, tenhas um final de semana encantador.
    Malú

    ResponderExcluir
  4. Encantadora!
    Depois desta resenha tentarei apreciar LouLou por outra perspectiva olfativa, mais experiente, mais invernal, enfim... nós mulheres somos feitas de ciclos, enriquecidas por cada fase, talvez por isso mesmo as fragrâncias se mostrem tão diversas para cada uma.
    Tenham um iluminado final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal. O meu primeiro perfume foi da Natura, hoje fora de linha, presente de uma amiga. Era floral, rosa da Bulgária.

    ResponderExcluir
  6. Anjos é sempre celestial no que diz!

    ResponderExcluir
  7. Lou Lou marcou um dos gdes amores da minha vida, na época era o MUST, hj já não sei se usaria.

    ResponderExcluir
  8. Meu Loulou chegou hoje...
    Maravilhada com ele.

    ResponderExcluir
  9. começar com lou lou é começar com pé direiro, sortuda! :)

    ResponderExcluir
  10. Também sou apaixonada pelo Loulou... é uma das maiores obras de arte da perfumaria e um dos meus primeiros perfumes também.

    Elvira

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha...não conheço o perfume Loulou mas quero conhecer kkk

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover