MALÚ EM MEU PRIMEIRO PERFUME

Ela chegou com alegria, comentou carinhosamente; diante de uma pequena dúvida transbordou conhecimento e gentilezas. Sim, conheci virtualmente através do Village Beauté e ela é mais uma das muitas pessoas que vêem arte e paixão nos perfumes. É da nossa vila perfumada. Com vocês, a crônica perfumada de Malú.

A experiência olfativa que a vida nos oferece
 desde pequenos....

 
MALÚ EM MEU PRIMEIRO PERFUME
Malú e sua crônica : Meu primeiro perfume
Sou da infância pura, simples, dos anos que já não se encontram mais....do andar descalço pelas ruas asfaltadas e de barro, de viver esfolada por tombos do aprendizado infantil, de dividir com mais de 10 crianças um chicabom e uma tumbaína...tempos bons que tinham seu perfume no ar, das casas que exalavam o bolo no forno, quase que todos os dias, das flores que nasciam por todos os lugares, do cheiro de cada estação do ano, das festas natalinas que emanavam o cheiro característico do Natal, cheiro que hoje não sinto mais, devido a facilidade de comprar quase tudo pronto. Um pena, pois quão bom era o perfume de tudo isso!! Está na minha memória, e talvez na memória de muitas (os) que possam ler minha história...não tinha computador, nem celular, nem tantos brinquedos assim....mas éramos tão felizes, qualquer coisa era motivo de brincar, rir e se alegrar. Uma pureza que não existe mais...
Mas o assunto é perfume, não é mesmo?? Então, brinco com minha mãe até hoje, que ao invés de uma barriga que fui gerada, acho que era uma banheira dos mais puros aromas perfumados, ahah...e ela fica brava comigo!! Paixão por perfumes desde que me lembro como gente;  Por volta dos meus 5 aninhos, já apaixonada por cheiros, ganhei do meu tio Inácio, o perfuminho "ÓLEO MUSK" da Coty, foi como ganhar o melhor doce, a melhor roupa ou o melhor sapato. Guardava numa caixinha com chave, de tanto que tinha medo de alguém tomá-lo de mim. Ganhava sempre o mesmo perfuminho, pois ele trabalhava com cosméticos na época, e sabia do meu amor por perfumes; E eu astuta e ávida por novas conquistas perfumísticas, vivia pedindo um dinheirinho para meu pai,nem um pouco "boba", sentava no colo dele, e começava a tirar os cabelinhos brancos que começavam a nascer nas costeletas dele; e ele logo se ria e dizia: - Já sei queres um dinheirinho, não é ?...e lá ia eu correndo comprar na feira meus perfuminhos em embalagem de plástico que tinham para vender (nem me lembro mais o que eram, mas alfazema, lavanda, etc);
Contando isso, lembro-me que aos 7 (sete) anos de idade, de 3 em 3 meses, vinha visitar minha mãe, uma bela senhora luxuosa, cheirosa e impecável em seus trajes finos. E eu não entendia muito bem o por quê! Mas, era a madame que minha mãe quando chegou ao Brasil, trabalhou como camareira em sua casa no Jardim Europa. Gente! Quando me avisavam que ela vinha, já ia correndo no portão para recebê-la, naquele carro "grandão" (limousine), com aquele "boneco" fardado com luvas brancas abrindo a porta do carro para ela sair...e quando aquela senhora saía do carro, era como um sonho perfumado, pois o cheiro que ela emanava era tormento para meu nariz afiado aos perfumes que amo até hoje...eu não sabia quais eram os perfumes naquela época, mas depois de moça, descobri que ela usava um CocoChanel, um Caléche Hérmes e um Miss Dior, com certeza! Pois quando senti essas fragrâncias.... a minha memória me levaram aquele rostinho impecável...daquela senhora sempre sorrindo e educada, que vinha visitar a Bertinha (minha mãe), e eu cheia de vergonha, me escondendo dela, sonhava que um dia eu ia ter o cheirinho dela....coisas de criança!!
Já aos meus 13 anos de idade, tive uma amiga vizinha mais velha que eu, ela tinha 20 anos e já trabalhava fora. Ela usava uma fragrância, a qual me enlouquecia, mas nunca contava...um certo dia...entregou um embrulhinho...e para minha surpresa....o perfume que ela usava - FIDGI - Guy Laroche, foi amor a primeira borrifada, nunca mais esqueci. Encontrei novamente aos meus 20 anos e depois não mais, aqui no Brasil tem em uma loja virtual, mas é fora da realidade o valor cobrado. Este está a bastante tempo em minha lista de futuras compras, pois sua fragrância nunca mais me esqueci, sei que ela é divina!!!
Aos 16 anos, devido a vida difícil, fui trabalhar, até mesmo para suprir a vontade incontrolável de ter mais e mais perfumes. Mas, fui bem difícil ter muitos, conheci alguns da L'acqua di Fiori e Agua de Cheiro, como outros que comprava na extinta Abaeté. Mas, nessa mesma época conheci meu primeiro namorado, que me deu de presente o famoso (naquela época, pois tinha uma loja exclusiva no Shopping Iguatemi - SP), Giovanna Baby Rosa, usei durante quatro anos consecutivos, ganhava do meu namorado sempre que acabava, hoje não posso mais com ele...todas às vezes que o sinto...minha memória me leva ao tempo bom, de amor, ciúmes e amadurecimento, Um tempo que ficará para sempre em meu coração....
Logo após, aos meus 20 anos, fui trabalhar no centro de São Paulo, onde havia muitas galerias que vendiam perfumes importados, mas nunca consegui adquirir nenhum, meu bolso não permitia, mas certo dia comprei uma miniatura que agradou meu coração, alma e espírito...Tsar da Van&Cleef (masculino), e pensei...."um dia o meu verdadeiro amor irá usar este perfume para mim...um cheiro de homem maduro, forte, seguro, autêntico, charmoso e que me amasse intensamente!
MALÚ EM SUA CRÔNICA SOBRE PERFUMES
Malú
Demorou um pouco eu encontrá-lo, aos 23 anos fui trabalhar na empresa do meu esposo(atual), nos conhecemos, e em pouquíssimo tempo o amor já não mais cabia em nossos corações, era forte e arrebatador....e é até hoje...quase 20 anos depois. Mas a história mais linda é que eu pedi para ele usar o TSAR, e ele prontamente o fez, e para minha surpresa ele queria que eu usasse um certo perfume que tanto admirava nas mulheres e queria para mim. Este perfume era o FIRST...é claro, juntou os pontos...os dois são da mesma marca VAN&CLEEF, tinha que ser uma história de amor, não é mesmo??
 
Sou apaixonada por perfumes, são como jóias raras e preciosas para mim, a cada aroma conquistado é uma história a ser escrita, e sei que muitas ainda terei o prazer de viver e contar...
 
Obrigada Dâmaris, teu convite foi mágico e especial para mim, jamais esquecerei a honra que me destes participar deste teu cantinho perfumado e majestoso! A cada leitura em teu espaço...é uma viajem aromática para mim!

Malú, querida,
obrigada por bater à porta do Village Beauté, se apresentar e.... já ser da casa! Que alegrias mil o Blog proporciona. Tens sido leitora atenta, amiga virtual presente e muito já aprendi contigo. E...a  lista de perfumes a conhecer só aumenta. Como resistir à esse Fidgi? És dos perfumes clássicos e marcantes, e esse deve ser O perfume, com letra maiúscula. Que ele possa ser teu, o quanto antes! :)

Obrigada pelo carinho de estar aqui e de ter aceito escrever tua belíssima crônica. bjs

17 comentários :

  1. Respostas
    1. Oi Vanessíssima, meu agradecimento saiu lá embaixo, não sei porque, rsrs. Mas obrigada por tua visita aqui, ler minha história e se deliciar como tantas outras que já passaram por aqui.
      Um beijo e espero que já estejas melhor da gripe.
      Malú

      Excluir
  2. Que história linda! Adoro as sextas, já disse né? Malu, obrigada por compartilhar suas deliciosas memórias olfativas conosco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Diana...sempre vejo teus comentários ricos por aqui, me senti muito honrada por compartilhar minha memória olfativa.
      Beijos
      Malú

      Excluir
  3. Olha só aonde eu vim encontrar a querida Malú!!!
    Nos "conhecemos" nos comentários do blog Mulher Sem Photoshop. Ela, sempre querida, quando comenta tem sempre o que acrescentar, além de distribuir bom humor, ternura e simpatia. Qual não foi a minha surpresa ao descobrir essa pessoa especial em outro blog que sempre leio e, mais surpresa ainda, saber que é uma apaixonada por perfumes???
    Amei a sua história, a sua contribuição, as nuances de emoção em cada uma das suas lembranças e as correspondentes referências da sua memória olfativa. Mais uma vez, começamos falando de algo material para terminar em um conteúdo muito além de qualquer significado físico e palpável.
    Obrigada por compartilhar sua intimidade e acrescentar um toque de sensibilidade ao meu dia. Obrigada, também, pela descoberta que, além de maquiagens, cosméticos, esmaltes e afins, posso incluir perfumes na lista de "Assuntos para comentar com a Malú".
    Finalmente, obrigada por encurtar a distância do anonimato. Já posso colocar um rosto nas tantas palavras que já trocamos. rs

    Beijo para você e outro para a Dâmaris, que constantemente me presenteia com os posts deste espaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana querida, você sempre tocando meu coração...lendo o que escreveu veio aquele "nozinho" na garganta de tanta emoção. Você sempre tão amável em minhas respostas, também me ensinando e dividindo suas experiências a cada comentário.
      Prazer em te conhecer mais um pouquinho ainda em sua coleção de bebês, foi muito amável...e eu em dívida contigo (já sabes), em breve terás meu retorno, com toda a certeza!
      Aprendi que nesse "mundo virtual", o qual me assusta um pouco...podemos fazer verdadeiras amizades. Que possamos solidificar ao seu tempo laços fortes com a fragância da amizade.
      Um beijo muito carinhoso e obrigada por teu comentário aqui também.(vem só somar o que já vem sendo construído).
      Malú

      Excluir
  4. Oi Meninas!
    Sou moderadora do blog A Tendência é...
    http://www.atenndencia.blogspot.com.br/
    E gostaria que vocês visitassem!
    O Blog é cheio de tendências de moda, atualidades, comportamento!
    Me façam uma visitaa!


    Beijoss}

    ResponderExcluir
  5. Que linda história Malu, fiquei encantada!
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Thaís, escrevi com o amor que procuro emanar em meu coração em cada momento de minha vida.
      Um beijo carinhoso.
      Malú

      Excluir
  6. Malu!!!
    Hoje é o meu dia de comentar o seu post!
    Que história linda!
    É gostoso "escutar" você, faz bem pro coração...
    Obrigada por dividir essa sua paixão por perfumes de uma forma tão doce e única .
    Já pensou em escrever um blog? Acho que seria uma ótima ideia!
    Adorei "ver" você também!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Ju, doce é esse rostinho que vejo aqui me presenteando com tua visita...esse mesmo rostinho que vejo sempre em minhas respostas no outro grande amor de minha vida(teu blog).

      Dividir minha paixão por perfumes, veio somar tantas outras paixões que nós mulheres temos na vida, não é mesmo querida!

      Ter um blog eu deixo pra ti...para dar a doçura de eu acompanhar, participar e receber teu carinho a cada dia, rsrs.

      Um beijo carinhoso
      Malú

      Excluir
  7. Dâmaris querida,
    não poderia convidar pessoa melhor! Fiquei encantada pela Malu desde o primeiro comentário,e a doçura e delicadeza presentes na crônica explicam o motivo...

    Malu,

    sua história é mágica! Quando vc falou em perfumes comigo no blog eu não imaginava como isso seria assim tão forte na sua história. Pode saber que vou querer umas "aulas" com você...
    Adorei, escreva mais!

    Bjos mil!!!

    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu (minha incentivadora para estar aqui neste mundo virtual), eu que agradeço a ti querida, sempre tão doce, correta, verdadeira e sincera comigo e com todas as suas leitoras. Você já sabe que foi a MADRINHA MÁGICA que me trouxe para o VB de Dâmaris.

      Obrigada, pois encantada fico eu com teu comentário aqui, recebo hoje o "presente da reciprocidade", da amizade construída a cada dia, devagarinho, como tem que ser...em colunas sólidas que não há tempestade que façam desfalecer.

      "Aulas", sou eu que recebo a cada dia por te visitar virtualmente, mas se minha humilde pessoa possa acrescentar em tuas experiências, estarei aqui, conte comigo sempre!

      Beijo muito carinhoso e perfumado para ti querida.
      Malú

      Excluir
  8. Ao falar em perfumes evocamos lembranças intimamente relacionadas com acontecimentos, lugares, pessoas queridas e coisas que marcaram algum momento em nossas vidas. Uma fragrância é algo abstrato e sua percepção é também subjetiva, ou seja, cada pessoa tem a sua "leitura olfativa" para determinado perfume em uma ou mais fases da sua vida. Tanto por estar muito bem escrita quanto pela sua sensibilidade, adorei seu relato Malú!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaís querida,

      Com tanta sensibilidade em teu comentário, criastes um "Poema de Sensações Olfativas"; com doçura lembrou que cada pessoa tem sua leitura olfativa, e ainda por cima fizestes me lembrar que todos somos feitos de "fases de vida".

      Obrigada querida, tens a sensibilidade na escrita que toca em minha alma.

      Um beijo carinhoso.
      Malú

      Excluir
    2. Dâmaris, minha querida conselheira do mundo perfumado...como fazer para agradecer essa experiência que você me proporcionou??

      Como explicar a sensação de ver esses comentários aqui, tão doces, tão sinceros e verdadeiros???

      Ah! Não consigo achar palavras suficientes para um agradecimento...apenas sinta meu abraço apertado, meu beijo com carinho e meu coração que agora está latejando de tanta alegria por tuas leitoras participarem de meu pequeno relado perfumado.

      Não pense que esqueci de ti...tuas palavras anexadas em minha crônica, fizeram eu ter a certeza do que fiz... e continuarei fazendo a cada dia, participando dos teus momentos felizes, de tuas experiências olfativas, "DA DOCURA POETICA QUE ME ENVOLVE A CADA ESCRITA TUA"!

      Nunca me esquecerei deste momento, estará guardado em meu coração eternamente.

      Beijo minha querida.
      Malú

      Excluir
  9. Obrigada Vanessíssima, foi muito bom escrever aqui, e receber o carinho de vocês.
    Beijos
    Malú

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover