RESENHA PERFUME ENCOUNTER CALVIN KLEIN

Terça - dia do perfume dele . ;) A resenha de perfume masculino de hoje é sobre o Encounter, da Calvin Klein.

Algumas marcas têm o objetivo de compôr todas as suas fragrâncias sobre uma assinatura olfativa. É como um estilo. A partir de algo (geralmente não revelado) criam com maior, ou menor, variação, os seus perfumes. E assim percebo Calvin Klein. Em as suas fragrâncias eu sinto a assinatura CK, vocês também? Tenho a impressão, que eles têm um cheiro característico que também está presente no novo perfume chamado ENCOUNTER, lançado para o outono (ano 2012). É apresentado como um perfume misterioso, sedutor e masculino.
Quem assina essa criação são os perfumistas Pierre Negrin e Honorine Blanc, e para sustentar o conceito de homem misterioso e sedutor, eles trabalharam com as notas tangerina, cardamomo, rum, pimenta, jasmim egípcio, patchouli, conhaque, oud, cedro e almíscar. 
PERFUME ENCOUNTER CALVIN KLEIN
Frasco do Perfume ENCOUNTER
Notas boas por demais. Fiquei por dias imaginando esse cheiro. Imagine! Amo especiarias, flores brancas, patchouli; e o cheiro quente das bebidas? Hum...


Pois bem, Encounter é um banho de algumas notas juntas, ao mesmo  tempo e logo na saída. Misture o cheiro da laranja (mas não a tangerina, como dizem) com pimenta, mais o cheiro quente de rum, acrescente patchouli sobre um colo de cedro. Eis o que sinto. Delícia? Sim, imediatamente grudo o nariz para sentir a plenitude de Encounter. Como em uma brincadeira bem me quer, mal me quer...nota a nota vai evaporando, despedindo-se, despregando-se da pele; e o abraço torna-se um toque, que vira uma piscadela, que vira um vulto que vira....foi um sonho? Foi real? Encontro? Quando?

Homens cheirosos, Encounter provoca um abraço sim, mas fugaz. Em 20 minutos tudo isso já se foi, e o que fica é um cheiro de sabonete amadeirado; mais 1 hora e não o sinto mais, a não ser que grude o nariz em meu pulso...e olhe lá! O que me impressiona é o fato de serem notas que tradicionalmente fixam muito bem. Não sei o que ocorreu com essa fragrância. Muito solvente? Matéria-prima mais barata? Não sei....Fragrância linear, sem evolução; alta projeção nos primeiros minutos, e despenca para um cheiro intimista por demais,  baixa fixação.

Resenha do perfume Encounter Calvin Klein.
 Alexander Skarsgard, o vampiro Eric, como a face da publicidade do perfume Encounter

Se você ama a qualquer custo essas notas e não se importa de carregar o perfume em sua bolsa para reaplicá-lo a cada 40 minutos, tudo bem..... ele é gostoso e sedutor só no começo, depois fica safadinho. Abraça e vai embora em fração de minutos.

Outros perfumes assinados por Honorine Blanc aqui
Outros perfumes com pimenta

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover