DOMINGO NO CINEMA: RESENHA DO FILME INTOCÁVEIS

O filme Intocáveis é baseado em história real. A veia de Psicóloga que pulsa em mim aquece sempre que  leio essa definição. Há oportunidade de aprender sobre o ser gente! Claro que sim. O filme conta com alguns ingredientes importantes. São eles:
FILME INTOCÁVEIS. DICA PARA DESENVOLVER VALORES E COMPORTAMENTOS.

- um ricaço branco tetraplégico que depende totalmente de outra pessoa para viver. Está à procura de um novo ajudante quando durante um processo seletivo decide escolher o único que lhe parece ser verdadeiro. Vê-se provocado, desafiado pela franqueza do outro. Este outro é um homem saudável, mas que enfrenta dificuldades por ser negro, desempregado, pobre e com uma família grande.

O filme Intocáveis, então, trabalha com as dualidades:
branco e negro. Rico e pobre. Saúde e doença.

Podemos prever uma série de coisas e talvez por isso o filme tenha recebido duras críticas dos especialistas na sétima arte. No entanto, penso que Intocáveis poderá ser mais do mesmo apenas para aquelas pessoas já mais experientes, já mais vividas. A mensagem que ele proporciona, a provocação que ele faz constantemente deve, ao meu ver, ser repetida sempre e para todas as gerações - principalmente as mais jovens.

Quem disse que todo rico é feliz?
Quem disse que um tetraplégico não tem prazer sexual?
Quem disse que o pobre não sabe viver?
Quem disse que o pobre é triste?
Quem disse que pobre e rico nada tem em comum?

Com essas poucas perguntas já se faz um filme importante. E quando digo importante não falo da inteligência dos diálogos, dos enquadramentos, fotografia e tantos outros aspectos técnicos. Falo, sim, do saber viver. Do toque. Do olhar. Do gargalhar. Do enfrentar as adversidades por mais duras que possam ser, e sem rodeios. Do não mascarar a verdade.

Os intocáveis convida a que cada um enfrente a sua humanidade apesar do que ela é, apesar dos limites, apesar das dores. Tá doendo? Não pode se movimentar?

E..... o que você pode fazer a partir disso?

Recomendo, sim.....mas saiba que verá coisas óbvias, outras nem tanto e mais....leve uma criança (verifique antes a recomendação do filme) e faça essas perguntas, questione-a, põe a sua cabeça para pensar. Poderá ser uma boa (e engraçada) oportunidade de aprender um pouco mais sobre a arte do viver.

Vamos ao trailer do filme? Dá para sentir a forma bem humorada com que tudo isso é conduzido. Bem humorada? Sim... o filme ainda arranca ruidosas gargalhadas. :)


Breve ficha técnica: Olivier Nakache e Éric Toledano, com François Cluzet e Omar Sy nos principais papéis.

Sinopse: Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabele, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.

8 comentários :

  1. Hum, fiquei doida pra ver, adoro filmes baseados em fatos reais!

    ResponderExcluir
  2. Hmm muito interessant esse filme adoreiii

    ResponderExcluir
  3. mt massa esse filme amei assistir mt show

    ResponderExcluir
  4. esse filme , foi um dos melhores eu já vi muito bom <3

    ResponderExcluir
  5. A Minha Professora Passou Esse Filme Na Sala De Aula & Adorei.
    Um Dos Melhores Filmes Que Já Vi

    ResponderExcluir
  6. Cada um de nós temos um brilho e encanto, seja lá qual for sua função, nesse filme mostra a desigualdade em classes e a igualdade no amor pela vida do próximo. Transformou a ideia de coitado em viver a vida, e observou que a vida não tem limites quando se quer vencer e viver..Driss foi sensacional no papel para que Philippe mudasse esse conceito.

    Recomendo para quem não assistir, uns dos melhores que já vi.

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover