RESENHA PERFUME TRUTH OR DARE da MADONNA - JEQUITI

Que os perfumes têm um elo impressionante com as nossas memórias todos nós já sabemos, pois assim os sentimos a todo instante. Madonna quis perpetuar a sensação de ter a sua mãe por perto; comentou que as suas lembranças infantis sempre evocam a presença da matriarca envolta em flores brancas, com muito cheiro de tuberosa, jasmim e gardênia. Ela quis ter isso de volta; quis levar consigo as memórias olfativas com sua mãe. Apesar das notas clássicas, fez questão de dizer ao perfumista que queria algo moderno. Stephen Nilse, o nariz que assina a fragrância, afirmou ter ficado em apuros; sentiu-se intimidado e por muitas vezes quis jogar fora as amostras que fez para Madonna testar. Até que, em um belo dia, ela cheirou e disse... Ok. 

Truth or Dare, o primeiro perfume com a assinatura de Madonna - resenha de hoje.

PERFUME DA JEQUITI MADONNA TRUTH OR DARE
Frasco dourado com branco. Perfume Truth or Dare da Madonna - Jequiti
Este perfume da Madonna tem como linha de inspiração  sua mãe. Afirmou à imprensa
"Sempre fui obcecada por perfumes e durante anos quis criar algo mais pessoal, que fosse uma expressão de mim, mas que também outras pessoas pudessem usar. Queria algo clássico, atemporal e também moderno. Minha memória mais antiga da minha mãe é o seu perfume. Eu carrego isso para todos os lugares. Ela sempre cheirava tuberosas e gardênias, uma mistura intoxicante, feminina e misteriosa. Queria recriar este cheiro, mas com algo mais fresco e novo, também. "
Stephen Nilse tinha um acorde de base (com baunilha, âmbar e musk), apresentou à Madonna, ela resistiu, mas depois aceitou. A partir desse acorde ele colocou as flores brancas e uma fruta fresca. Surgiu Truth or Dare:

Perfume Floral sensual
* Notas de saída: neroli, gardênia, tuberosa
* Notas de coração: jasmim, benjoim e lírio
* Notas de fundo: almíscar, âmbar caramelizado e baunilha absoluta.

Fiquei imaginando como seria criar um perfume para alguém conhecida por ser exigente, perfeccionista e principalmente: por ter uma memória olfativa tão fortemente ligada a uma emoção e a um vínculo tão estreito. Ainda mais para um perfumista que até então conhecido por produzir fragrâncias que caminhavam para o lado do cheiro limpo, confortável. O resultado, em Truth or Dare, creio ser um marco para Stephen, além de especial ser à cantora pop uma fã confessa do perfume Fracas, de Robert Piguet.

Impossível é sentir Truth or Dare e não lembrar do Perfume Fracas. Eles fazem um mesmo estilo, mas quando ladeados, sentidos juntos aí vislumbramos as diferenças. Fracas têm evolução e melhor acabamento. ToD tem outras características:

Como o perfume Truth or Dare ficou em minha pele?

Desde o primeiro instante em que ele é aspergido sobre a fita ou sobre a pele, também eu viajo para as memórias olfativas maternas. As flores brancas eram muito usadas nos perfumes femininos em meados do século XX. As meninas mulheres que tem, hoje, entre 35 e 50 e poucos anos lembrarão do colo materno quente, acolhedor que cheirava a um imenso bouquet branco. Truth or Dare tem saída imensamente forte. É um jorrar de tuberosas e jasmins sobre a cabeça e o coração. Imenso quase gritante. Esse grito reverbera por alguns minutos para depois acalmar-se, mas mantendo a mesma essência floral com acréscimo de algo que cheira a óleo da casca da laranja. Queria ter sentido mais gardênia, e algum benjoim, lírio, âmbar e baunilha, mas simplesmente não vejo qualquer resquício dessas nuances. Linear, com duração de 6 horas. Saída com altíssima projeção, mas coração e fundo com alta projeção. Que bom que ele se aquieta um pouco, eu não conseguiria sustentar tamanha grandeza por muitas horas.

Tanto na fita quanto em minha pele, Truth or Dare é um imenso bouquet de tuberosas com jasmim com um quê de laranja e gardênia. O jasmim aqui é aquele que vem com um pouco de folha verde úmida, pétalas adocicadas e cremosas. Truth or Dare é perfume quente, outonal.

Apesar da não evolução, mesmo com sua linearidade, é um perfume bom. As tuberosas e os jasmins são flores fortes, clássicas; aqui em dupla acabam por conferir à fragrância da Madonna um ar absolutamente retrô. Nada vejo de base moderna. É perfume para mulheres a partir dos 35 anos, que têm memória afeto-olfativa desses bouquets muito usados entre os anos 60 a 80. Nossas avós e mães cheiravam a essas flores.

TRUTH OR DARE MADONNA PERFUME REVIEW
O frasco "triste" de Truth or Dare - perfume da Madonna. 

O frasco, apesar de bonito, é triste. O design lembra um esquife e símbolos religiosos enfeitam a tampa e o jogo de letras; ao mesmo tempo em que lemos o T (de truth or dare), vemos uma cruz.


Comprei o meu via Jequiti (que têm  direito de vender vários perfumes licenciados / produzidos pela Coty), e o preço é acessível considerando que tem 75 ml. Originalmente ele apresentado como Eau de toilette, mas aqui no Brasil a Jequiti o apresenta como deo-colônia. Não sei explicar o motivo disso, preferiria que a empresa mantivesse a classificação original.

Para quem é dos clássicos e AMA jasmim com tuberosa: recomendo o perfume Truth or Dare para usar no outono que se avizinha. ;)

Abraços perfumados.

22 comentários :

  1. O motivo de chamar desodorante colônia no Brasil é simples: impostos. De acordo com uma tabela da Federação das Indústrias, o cliente final paga 37% de imposto no desodorante (inclui desodorante colônia). Perfume nacional: 69%. Perfume importado: 78%.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, que ótimo Helen Fernanda!!! Obrigada.

      Excluir
    2. Que absurdo essas taxas no Brasil, né?

      Excluir
    3. Deo colônia é o equivalente nacional da eau de toilette. Pode ser um nome que o consumidor esteja mais acostumado mas já vi muita gente dizendo que a concentração era menor "pq era só deo colônia"

      Excluir
    4. Dênis, infelizmente não é tão simples assim. Sou revendedora de várias marcas e noto que elas usam a nomenclatura "deo colônia", "desodorante colônia" ou "colônia desodorante" para praticamente todas as fragrâncias, independente da concentração, então no Brasil temos deo colônias que são EDT, que são EDP e que são águas de colônia.

      É claro que de vez em quando marcas como Natura e O Boticário fazem todo um estudo de mercado e criam coragem de lançar alguma fragrância caríssima que admite ser EDP, mas isso não significa que não existam outras EDPs em cada marca que também estão "escondidas" sob o rótulo de deo colônia (ou similar).

      Excluir
    5. Helen, obrigado por esclarecer a confusão! Só para ficar ainda mais claro: como você identificou um EDP num perfume rotulado como deo colônia (ou os outros deo)?

      Excluir
    6. Dênis, até onde li entendo/percebo a deo colônia como uma versão ainda mais diluída que o Eau de toilette. A estratégia da Jequiti, no entanto, confunde muito e passo a acreditar que seja uma estratégia comercial como outros leitores afirmaram por aqui.....

      Excluir
    7. Das "deo colônias EDPs" só tenho certeza mesmo daquelas que são vendidas lá fora como EDP, como Far Away e Beyoncé Pulse. Mas desconfio de várias outras como Kriska (Natura) e Claudia Leitte Intense (Jequiti).

      Fácil mesmo é identificar as "deo águas de colônia", que são as linhas "águas" das marcas Natura, Avon e Jequiti. Pode reparar que nelas está escrito colônia desodorante ou desodorante colônia do mesmo jeito que está escrito em Truth or Dare e em Midnight Fantasy, só para citar alguns exemplos.

      Por causa desse "esquema" de colocar a palavra desodorante em tudo, o consumidor nunca sabe direito o que está comprando. :(

      Excluir
    8. Helen, hiper obrigado por esclarecer. Estou escrevendo sobre o T or D no momento, vou incluir a explicação.

      Excluir
  2. Oi Dâm!!

    Morro de vontade de conhecer o Truth or Dare! Mas agora vou com calma, rsrs

    Sobre a Jequiti ter mudado de edt para deo colonia, deve ser $$. O imposto para Deo é menor, comparado ao edt. Ele possuem faixas diferentes de arrecadação. Aí eles conseguem praticar um valor menor. E eu duvido que tenha alguma fiscalização para saber a concentração. Um exemplo disso é O Boticário, são todos deo, msm os que nos conhecemos por ser "fortes" como O Floratta in Gold, Egeo Dolce... É sempre o jeitinho brasileiro!! hehe Bjão Lud

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entendi, Lud! Não tinha parado para pensar até no Boti.... propensa a concordar contigo! Obrigada, querida bjão.

      Excluir
  3. Ai Dâmaris querida,

    O que fazer com teu relato tão lindo (ao aconchego do colo de minha mãe e avó materna que cuidei até meus 15 anos), mas elas exalavam o doce perfume de alfazema! E agora me deixou curiosa tua descrição....
    Qual poderias dizer que se assemelha à ele? Além do Fracas (que não conheço), mas fiquei curiosa com essas flores brancas.

    E ansiosa pela resenha do Yves Rocher (que em breve teremos, sim?).

    Um beijo querida, tenha um feriado de descanso, paz, tranquilidade, amor em torno de seus familiares.
    Malú

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malú, sim, em breve teremos review de perfume Yves Rocher!! Ainda não chegou, espero que na px semana possamos conversar sobre!
      Temos tanto em comum....

      Poison tem tuberosa; Michael Kors EDP faz estilo floralzão branco tbém. Acho que quem curte Amarige, Giorgio, Beautiful, Fragile...esses perfumes bem encorpados dos anos 80. Acho que tu irás gostar dele, Malú! Tem quase 100% de certeza.

      Felicidades perfumadas a ti e aos teus amados...

      bjs minha amiga virtual.

      Excluir
  4. Amo este perfume! Amo cheiro de jasmim. Tenho dois pés de jasmim em casa. Me lembra a vó...a casa dela cheirava a jasmim! Uso muito este perfume, e acho que vou usá-lo pelo resto da vida, vou tentar sempre ter estoquinho. Só não gosto da embalagem mesmo e das letras, realmente não me agrada. Fecho os olhos, pois o líquido muito me agrada! ;)

    ResponderExcluir
  5. Como conseguiu a pirâmide olfativa?

    ResponderExcluir
  6. Silvio Santos é simplesmente genial. Ele taxa como colônia pra vender mais barato, porém, a qualidade é a mesmíssima. Vi o Midnight Fantasy EDP 100ml por R$219,00 e o EDT 30ml por 99,00 numa loja física de credibilidade. Pela Jequiti vende-se 100ml por 149,00. Eu amo esse cara! hahaha Sem contar que as colônias próprias da Jequiti são só elogios. Não tive a oportunidade de experimentá-las, mas sempre leio resenhas que quebram preconceitos e me deixam curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi uma grande estratégia comercial mesmo, Maria Fernanda!

      Excluir
  7. Olá. Faz uma resenha sobre o FAME, da Gaga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Já foi feito
      http://villagebeaute.blogspot.com.br/2013/03/resenha-do-perfume-fame-lady-gaga.html

      Você pode consultar todas as resenhas no Índice, que está no topo da página, sim?

      Excluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover